Blog

Enxaguante bucal substitui a escovação?

A imagem mostra o sorriso de uma mulher e a mão dela segurando um copinho com um líquido azul, que seria o enxaguante bucal.

A recomendação para pessoas de todas as idades é fazer a escovação dos dentes no mínimo três vezes por dia. O objetivo é eliminar resíduos de alimento, deixar a boca livre de bactérias prejudiciais e, assim, prevenir doenças e problemas bucais.

No entanto, não é raro que alguns negligenciem esse cuidado, muitas vezes por causa do tempo necessário para realizar essa higiene. Não haveria, então, uma forma mais prática de manter a boca limpa, sem precisar fazer a escovação, como utilizando o enxaguante bucal?

Será que esse produto pode ser eficaz para promover a limpeza da boca e dos dentes? Seria uma alternativa para substituir a escova e o fio dental? Continue lendo para ver a resposta e descobrir como cuidar bem da sua saúde bucal!

É possível substituir a escova pelo enxaguante bucal?

Toda vez que nos alimentamos alguns resíduos ficam aderidos no esmalte dentário. Eles também podem ficar presos entre os dentes, depositados sobre a língua e em algumas áreas mais escondidas da boca.

Quando não realizamos a higiene bucal, esses resíduos de alimento sofrem um processo de fermentação e favorecem a proliferação de bactérias, que se alimentam deles. Nesse processo, elas liberam ácidos que provocam reações na boca e desencadeiam as doenças e problemas bucais.

O objetivo da higienização é eliminar esses resíduos, e a placa bacteriana (massa branca cheia de bactérias que gruda no dente) e a escova de dentes tem um papel fundamental. Quando fazemos um bochecho conseguimos remover alguns resíduos que não estão aderidos aos tecidos bucais. Porém, aqueles que se depositam no esmalte e a placa bacteriana somente podem ser eliminados por meio da ação mecânica.

Isso significa que é preciso realmente passar as cerdas da escova nos dentes para que ela faça essa limpeza. Perceba que o creme dental é um complemento nesse processo de higienização porque, na verdade, a sujeira é removida pela escova, e sua ação deve ser complementada com o fio dental.

Portanto, não é possível substituir a escova de dente pelo enxaguante bucal. Apesar de ele promover uma sensação refrescante, não consegue soltar os resíduos que se depositaram sobre os dentes, e também não elimina aqueles presos em seus vãos, que somente o fio dental remove.

Qual é a função do enxaguante bucal?

Como você pôde ver, a higienização da boca depende mesmo de uma boa escova de dentes, do creme e do fio dental. Esses três produtos são indispensáveis para remover os restos de alimento e promover a proteção antibacteriana que os dentes e os tecidos bucais precisam para se manterem saudáveis.

O enxaguante bucal é um produto alternativo e complementar, considerado por muitos como um item cosmético, não necessariamente terapêutico. Isso porque, alguns podem ajudar no controle das bactérias, mas sua função principal é dar refrescância para a boca e o hálito.

Além de não ser possível substituir a escovação pelo enxaguante bucal, ainda precisamos ter cuidado com esse tipo de produto. Algumas marcas contêm álcool em sua composição, e essa substância promove o ressecamento das mucosas bucais.

Então, se você quiser complementar a higienização da boca, o ideal é conversar com o seu dentista de confiança e pedir a recomendação de um enxaguante bucal que traga benefícios, não prejuízos. Lembrando que, para ser utilizado após fazer a higienização da boca.

Lembre-se, usar enxaguante sem escovar e usar fio dental antes, é a mesma coisa que colocar um perfume francês sem tomar banho antes!

Os enxaguantes terapêuticos são uma boa opção?

Existem enxaguantes bucais que são utilizados como tratamento para problemas como a gengivite. Ele têm uma ação mais completa do que os enxaguantes comuns, mas não significa que substituam a escovação.

Esse produto age como um medicamento de uso tópico, então, por serem um tipo de remédio não podem ser utilizados livremente. Seu uso diário e contínuo pode trazer prejuízos para os dentes provocando, por exemplo, alteração de tonalidade.

O correto é usar os enxaguantes terapêuticos apenas quando o dentista fizer a indicação desse produto. No mais, podemos optar somente pelos produtos comuns e totalmente livres de álcool, mas nem todos podem ser utilizados por crianças.

A melhor alternativa para manter os dentes limpos é a escovação, pois ainda não existe um produto que substitua a ação da escova, do creme e do fio dental. Por isso, continue mantendo uma rotina de higiene, usando o enxaguante bucal apenas como uma medida extra de proteção. Não se esqueça de passar por uma consulta odontológica a cada 6 meses para complementar os cuidados caseiros.

Dr Marcos Ney Pizzocolo apex odontologiafaixa-apex-odontologia

Por Dr. Marcos Ney Pizzocolo
CRO-SP 56458

Formado pela Universidade Paulista – UNIP – em 1995 e pós-graduado em especialização de prótese dentária. Atua na área de estética, implante, cirurgia oral e reabilitação oral.

faixa-apex-odontologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco

× Agendar Consulta