Blog

A relação entre o consumo de açúcar em excesso e a cárie

Você já deve ter ouvido falar que comer doce demais pode causar cáries nos dentes, não é verdade? Essa não é nenhuma novidade, porém, nem todo mundo sabe qual é a verdadeira relação entre o açúcar e as lesões cariosas.

Foi por isso que nós preparamos este artigo a fim de explicar por que o consumo excessivo de açúcar pode levar ao surgimento desse problema.

 

Os alimentos e os problemas bucais

A maioria dos problemas e doenças bucais se manifestam em função da proliferação de bactérias em nossa boca. Isso acontece por causa dos resíduos de alimentos que não são devidamente eliminados por meio da higienização bucal.

Os micro-organismos se alimentam desses restos e liberam ácidos e toxinas que causam o amolecimento do esmalte e dentina do dente, lesões nos tecidos bucais e estimulam reações inflamatórias do organismo. Sendo assim, aquilo que comemos favorece o desequilíbrio da saúde da boca, mas existem alguns alimentos que são mais perigosos do que outros.

O açúcar é um grande vilão nessa história porque ele serve como alimento para essas bactérias. Desse modo, quanto mais açúcar ingerimos mais os nossos dentes ficam suscetíveis a desenvolverem problemas como as cáries.

 

O açúcar e a cárie

A boca naturalmente tem bactérias. Algumas são benéficas e importantes para manter o equilíbrio da saúde bucal. Outras não deveriam estar ali ou precisam se manter sob controle para que sua ação não venha afetar os dentes e demais tecidos.

Porém, quando consumimos açúcar demais estamos alimentando essas bactérias perigosas. A sacarose é um composto do açúcar que favorece a fermentação bacteriana, ou seja, essa substância serve como um combustível para os microrganismos se desenvolverem rapidamente.

Conforme eles se alimentam desses restos açucarados produzem ácidos fortíssimos, que conseguem corroer o esmalte, tecido mais duro do organismo, praticamente um vidro. É dessa forma que a cárie se manifesta, afinal, embora nossos dentes sejam muito resistentes, quando em contato excessivo com substâncias como essa acabam perdendo seus minerais.

Mas é preciso ficar atento, porque quando falamos de alimentos açucarados não estamos nos referindo somente aos doces. As bebidas adoçadas com açúcar também são perigosas, assim como os carboidratos simples como a farinha de trigo branca. Ela se transforma rapidamente em glicose, ou seja, quando está no organismo é convertida em açúcar. Por isso, também estimula a proliferação das bactérias causadoras da cárie, e em função da sua textura e composição, adere mais facilmente aos dentes e gera mais resíduo.

Veja também:  Prevenção contra a cárie.

 

É preciso deixar de ingerir açúcar?

O açúcar é uma das fontes de energia para o organismo humano, assim, se consumido com moderação ele é benéfico para nossa saúde. Preferir o açúcar da fruta (frutose) é mais prudente, educar o paladar a sentir o gosto real dos alimentos, também é um “exercício” interessante. Pensar em substituir o açúcar para que ele se torne uma exceção e não uma regra diária é um objetivo que seria importante buscarmos, já que nossa expectativa de vida está aumentando muito rapidamente e o açúcar também atrapalha outras partes do corpo. Apesar de tudo isso, o problema não está em comer doces, mas na quantidade e frequência que fazemos isso.

A ação das bactérias e seus ácidos se iniciam cerca de 20 minutos após ingerirmos um alimento açucarado. Nesse momento nossos dentes já estão suscetíveis à cárie, por isso, se ao longo do dia ingerimos doces diversas vezes, mantemos os nossos dentes constantemente em risco.

O ideal é minimizar a quantidade de açúcar ingerida para evitar a liberação do ácido pelas bactérias. É válido saber que tem mais risco de desenvolver cárie alguém que come vários pedacinhos de doce ao longo do dia do que aquele que ingere uma grande porção de uma só vez.

De toda forma, em ambos os casos para evitar que os dentes sejam lesionados basta procedermos com a correta higienização bucal. A escovação e o fio dental eliminam os resíduos e controla as bactérias, portanto, evita a formação da cárie.

Mas isso não significa que você possa comer doce diversas vezes ao longo do dia e sempre escovar os dentes que tudo ficará bem. Afinal, lembre-se de que o açúcar em excesso prejudica a saúde de um modo geral. Portanto, não somente a sua boca está em risco quando você cultiva esse hábito.

Veja também:  A importância do fio dental nos Dentes de Leite.

Não é preciso que você deixe de comer os seus doces ou pare de ingerir as suas bebidas adocicadas favoritas. Apenas faça isso com moderação e sempre proceda com a correta higiene bucal. Também não se esqueça de passar por visitas frequentes ao dentista, pois assim ele ajudará com as medidas preventivas e ainda tratará possíveis problemas no começo, antes que se agrave. Importantíssimo lembrar que o uso do fio dental é imprescindível na prevenção das cáries e de problemas gengivais.

Dra Fulvia Ney Pizzocolo Caterina apex odontologiafaixa-apex-odontologia

Dra. Fulvia Ney Pizzocolo Caterina
CRO-SP 57052

Formada pela Universidade Paulista – UNIP – em 1995, e pós-graduada em especialização de Odontopediatria (bebes e crianças) , odontohebiatria (adolescentes) e atua na área de endodontia.

faixa-apex-odontologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco

× Agendar Consulta