Blog

Raiz do dente exposta? Saiba como tratar o problema

A imagem mostra uma ilustração de um dente.

Sabia que a raiz dos dentes é mais sensível do que a parte que fica exposta, a coroa? Isso acontece porque essa porção é mais porosa facilitando o acesso de agressores externos às estruturas e tecidos internos do dente, o que desencadeia reações nervosas e, consequentemente, a dor.

É por isso que a raiz é protegida pelo tecido ósseo e pelas gengivas, mas pode acontecer a retração gengival, quando esse tecido fica mais fino ou mais curto, expondo os dentes. O problema da exposição radicular está nos desconfortos que ela provoca e a maior suscetibilidade para complicações e infecções no periodonto, além de prejudicar a estética do sorriso.

Por tudo isso é fundamental tratar esse problema, e existem diversos procedimentos que podem ser adotados em casos como esse. Neste artigo apresentamos os principais deles. Continue lendo e descubra as alternativas para harmonizar o seu sorriso e recuperar a saúde dele.

Facetas e lentes de contato

Facetas as lentes de contato são boas alternativas para exposição radicular porque elas atuam como uma verdadeira capa de proteção sobre os dentes. São confeccionadas em porcelana ou resina, personalizadas para cada pessoa.

A diferença entre elas está em sua espessura, sendo que as facetas têm alguns milímetros a mais. Ambas são coladas sobre o dente evitando que o esmalte e a raiz fiquem em contato com o meio externo. Assim recobrimos a raiz dentária de forma definitiva, se comparado com a restauração direta, pois lentes e facetas são um tipo de prótese que, uma vez aplicados sobre o esmalte, são de remoção criteriosa e demorada.

Restauração direta

Com a aplicação de facetas e lentes de contato fazemos uma restauração indireta no dente que está com problema. Isso porque a peça é confeccionada em um laboratório e depois colada sobre o esmalte. Porém, existe também a técnica de restauração direta, com aplicação de material restaurador sobre o dente.

Quando há exposição radicular podemos recobrir essa porção exposta com resina. Esse material é semelhante àquele utilizado para restaurar dentes com cárie. Ele tem uma tonalidade similar a do esmalte, realizando uma cobertura eficiente, discreta e natural, que vai evitar que a raiz do dente sofra as agressões do meio externo.

Enxerto gengival

Como a exposição da raiz do dente acontece por falta de tecido gengival, podemos corrigir esse problema por meio de uma técnica cirúrgica que faz um enxerto de tecido nesse local. Nesse caso, retiramos uma pequena porção de gengiva de outro local da boca do paciente e fixamos onde ela está faltando.

É uma técnica eficiente, mas que para algumas pessoas pode perder o seu efeito em longo prazo. Isso acontece, por exemplo, caso os guias de desoclusão se desgastem mais rapidamente. Vale lembrar que a escovação não ocasiona a retraçao gengival.

Tratamento da periodontite

Sabia que inflamações e infecções na gengiva e no tecido periodontal também podem provocar a retratação do tecido gengival? Sendo assim, muitas vezes a solução está em fazer o tratamento dessas condições. Em casos de periodontite é bastante comum que aconteça a exposição da raiz.

Isso porque tanto a gengiva quanto os tecidos que sustentam os dentes se retraem ou são reabsorvidos pelo organismo por causa da infecção. Também pode acontecer de eles descolarem do dente, abrindo um espaço que deixa a raiz exposta. Assim, quando eliminamos essas condições os tecidos podem se recuperar automaticamente.

Aparelho ortodôntico

Problemas como apinhamentos, desalinhamentos e mau posicionamento podem deixar a raiz do dente exposta. Afinal, não existe uma simetria na arcada, e isso provoca diferenças também na posição da gengiva.

Ainda, o indivíduo pode ter mais dificuldade para realizar a higiene bucal, deixando algumas regiões mais sujas, estimulando a retração da gengiva. O uso de aparelhos ortodônticos realinha a arcada, melhora os guias de desoclusão e harmoniza o tecido gengival, minimizando a exposição radicular.

Existem outros fatores que também podem deixar a raiz do dente exposta, como o tratamento ortodôntico não finalizado com o auxílio de outras especialidades odontológicas como prótese e oclusão. Próteses antigas se desgastam e acarretam a perda dos guias de desoclusão, causando as retrações. Por isso é preciso se consultar com o dentista para que ele possa analisar o seu caso, identificar o que está provocando o problema e indicar o tratamento mais adequado.

Sempre lembrando que a causa das retrações gengivais é mecânica, ou seja, a mordida que está causando esta perda óssea e gengival em volta do dente por conta de sobrecarga nesse dente! E isso precisa ser corrigido para que a retração não volte a evoluir!

Dr Marcos Ney Pizzocolo apex odontologiafaixa-apex-odontologia

Por Dr. Marcos Ney Pizzocolo
CRO-SP 56458

Formado pela Universidade Paulista – UNIP – em 1995 e pós-graduado em especialização de prótese dentária. Atua na área de estética, implante, cirurgia oral e reabilitação oral.

faixa-apex-odontologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Raiz do dente exposta? Saiba como tratar o problema

Resto do post com subtítulo

 

 

 

Dr Marcos Ney Pizzocolo apex odontologiafaixa-apex-odontologia

Por Dr. Marcos Ney Pizzocolo
CRO-SP 56458

Formado pela Universidade Paulista – UNIP – em 1995 e pós-graduado em especialização de prótese dentária. Atua na área de estética, implante, cirurgia oral e reabilitação oral.

faixa-apex-odontologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco

× Agendar Consulta